Home arrow Sala de Imprensa arrow Releases arrow Presidente Prudente inaugura praça das Cerejeiras
Presidente Prudente inaugura praça das Cerejeiras PDF Imprimir E-mail
Por Administrator   
30 de maio de 2008
Presidente Prudente, pronto para inaugurar no dia 18 de junho um jardim tipicamente oriental. A Praça das Cerejeiras, assim denominada construída em 1978, por ocasião de 70 anos da imigração japonesa foi transformada agora em jardim japonês totalmente remodelado e preparado especialmente para comemoração do Centenário da Imigração.
Desde agosto do ano 2007, a Praça passou ser centro de atenção do público, especialmente do carinho, do então, o único paisagista da região Noboru Mizukawa que sempre sonhou em presentear a cidade de Presidente Prudente. Mas, os planos ainda que fascinante, não teriam êxito sem a colaboração e extraordinário empenho do Luiz Saito que juntamente com o paisagista, cuidou dos mínimos detalhes desde a construção do molde dos monumentos e pesquisas dos materiais utilizados na construção. Também, a praça não estaria completa se não fosse a colaboração expressiva e apoio das autoridades municipais, principalmente do prefeito da cidade e dos seus secretários que não mediram esforços para execução das obras.

Não podemos também deixar de citar as colaborações dos comerciantes, industriais, bem como das pessoas físicas que de forma carinhosa e voluntária ou financeiramente contribuíram para a conclusão dos trabalhos. A imponência do Portal (TORIÍ de 3,5 m de altura em concretos) construído em frente à Avenida, a exuberância do Pagode (GO-JU-NO-TÔ, de 4,5m de altura) bem no meio da Praça, a ponte (HASHI) semicírculo construída sobre um lago seco, a qual simboliza a “união” significando a UNIÃO E INTEGRAÇÃO dos dois povos: brasileiros e japoneses.

A Praça que antes tinha uma superfície plana foi propositadamente modificada com dunas de terras para ter ondulações (OS RELEVOS significando altos e baixos ou sucessos e as dificuldades da vida), sobre as quais foram plantadas árvores típicas orientais, como as camélias, cerejeiras, matsu e outras em pequenos espaços compreendidos entre as enormes pedras de diversos tamanhos (significando o pai a mãe e filhos).

Não foram esquecidas de colocar as lanternas (TYÔTIN) esparramadas por toda a praça, tudo isso em área equivalente a um quarteirão bem arborizado, e as cores vermelha e branca não faltaram para dar um realce ainda maior a um conjunto de monumentos e acessórios que representam um pedacinho do Japão.

Dia 18/06/08 – Inauguração da Praça da Cerejeira com presenças de autoridades locais, a delegação japonesa de músicas folclóricas composta de 37 pessoas e público em geral.

Dia 19/06/08 – Homenagens à Delegação japonesa de músicas folclóricas e pessoas de destaques da sociedade nipo-brasileira , na Câmara Municipais de Presidente Prudente.
 
< Anterior   Próximo >