Home arrow Centenário arrow Comemorações arrow Sucesso marca Semana Cultural Brasil-Japão
Sucesso marca Semana Cultural Brasil-Japão PDF Imprimir E-mail
Por Administrator   
21 de agosto de 2008

No dia 22 de junho, o fascinante show da cantora Fernanda Takai encerrou as comemorações da Semana Cultural Brasil-Japão. Durante dez dias, o complexo do Anhembi foi palco das comemorações do Centenário, com público de quase 200 mil pessoas.

O Grande Auditório do Palácio das Convenções do foi palco de diversos shows de dança, música e teatro, além de eventos como o Campeonato Estadual de Karaokê e o Gueinosai – Festival de Música e Dança Folclórica Japonesa. "O nosso objetivo foi levar o visitante a fazer uma imersão à cultura japonesa", resumiu o curador da Semana Cultural, Jo Takahashi.

A culinária também foi destaque da programação, com workshops (gratuitos) de renomados chefs que ensinaram os segredos da tradicional culinária japonesa.

A moderna arte pop também teve espaço durante a Semana Cultural. Foram realizados workshops e projeções de filmes de mangá e animê, além da final da Etapa Brasil do Campeonato Mundial de Cosplay (arte de se vestir como os personagens dos mangás), o WCS.

O destaque da moda foi a presença do estilista Kenzo, reconhecido mundialmente por suas criações ousadas, que realizou uma palestra concorrida sobre a sua trajetória como precursor da disseminação da moda do Japão no Ocidente.

“Esse evento mostra a integração de duas culturas que são distintas, em que as pessoas podem apreciar a cultura japonesa propriamente dita, e também a mistura dessas culturas. A comemoração do Centenário foi surpreendente,  muito acima do que esperávamos, porque recebemos todos os dias respostas positivas. A Semana Cultural surpreendeu com certeza, porque foi uma semana repleta de festividades, algo que acontece uma vez a cada século”, comenta Jiro Maruhashi, cônsul geral adjunto do Japão em São Paulo.

 “Esse foi o maior evento da cultura, aberto para todos que se interessam pelo Japão e pelo Brasil. 100 anos se passaram desde a chegada dos primeiros imigrantes, e nada que possamos fazer pode retribuir todo o carinho que a comunidade nipo-brasileira recebeu neste ano. Sou um brasileiro nascido no Japão, com muito orgulho. Minhas palavras e lágrimas de gratidão aos organizadores”, finaliza Kokei Uehara, presidente do Colegiado Administrativo da ACCIJB.

 

 
Próximo >